Blog
Now Reading
Oficinas no CEDUC Virgílio Resi em novembro de 2018
0

Oficinas no CEDUC Virgílio Resi em novembro de 2018

No mês de novembro de 2018 o projeto Ponto Jovem realizou duas oficinas no CEDUC Virgílio Resi que foram coordenadas pelo Prof. Adalberto Arcelo do curso de Direito da PUC Minas Praça da Liberdade.

No dia 7 de novembro ocorreu a 9ª Oficina de Direito à cidadania, participação social e política e representação juvenil que foi realizada pelas extensionistas Maria Clarice Pinto Ferreira e Sofia Monteiro Delveaux Silva. Na oficina foram exibidos e discutidos vídeos que abordavam o tema da política e da bolha social na qual vivemos. Depois foi realizada uma dinâmica que consistia em passar de mão em mão uma caixa com questões sobre política e participação do jovem. Quando ela parava na mão de uma pessoa, esta deveria responder a uma pergunta. As questões levantadas se referiam a: o que era cidadania e sua importância, o que é democracia, quais são as dificuldades que os jovens enfrentam que limitam sua participação na política, se a escola contribui para a formação do jovem na vida política e o que é ditadura. Durante a oficina também foi abordado o tema das fake news e a importância de conferimos as fontes. Sessenta e seis jovens participaram da oficina.

Extensionistas Clara e Vitória com os jovens no CEDUC na 4ª Oficina de Direito à diversidade e à igualdade

No dia 9 de novembro foi  a vez da 4ª Oficina de Direito à diversidade e à igualdade, conduzida pelas extensionistas Clara Oliveira Gomes de Souza e Vitória Machado Miranda e que contou com a participação de treze jovens. A oficina contou com duas dinâmicas. A primeira foi a dinâmica “Quem é você?” que consistia em abordar varias características de uma figura pública e quem acertasse quem era ganharia um prêmio. Foram destacadas oito personalidades e abordadas a importância e o que essa figura pública representa no contexto mundial e sob o olhar da diversidade. A segunda dinâmica chamava “Que lugar é esse?”. A turma era dividida em grupos e eles recebiam dois mapas, um do Brasil e outro do Mundo,com o intuito de trabalhar as diversidades regionais.

Leave a Response

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.