Blog
Now Reading
Participação no II Diálogos entre Ensino, Pesquisa e Extensão
0

Participação no II Diálogos entre Ensino, Pesquisa e Extensão

por Lívia Brandão

Em 22 de abril de 2015, a Casa Fiat de Cultura recebeu professores e alunos da PUC Minas que participam de projetos de pesquisa e de extensão e que abordaram suas experiências. no evento II Diálogos entre Ensino, Pesquisa e Extensão do curso de Administração da PUC Minas – Praça da Liberdade. 

Fernanda Araujo Pinto, aluna do 7º período do curso de Administração e bolsista de iniciação científica do Programa de Iniciação Científica (PROBIC – PUC Minas), apresentou seu projeto de pesquisa “Despadronização e Consumo de Luxo por parte da classe média”.  A ideia do projeto partiu de uma experiência do dia a dia, observando os cliente de uma loja onde trabalhava que compravam produtos com valores elevados, dividindo de varias vezes, mesmo sendo muito acima de sua renda. Vendo isso, começou a questionar porque as pessoas queriam tais artigos de luxo, a qualquer preço. Segundo ela a experiência de pesquisa valeu a pena, assim como a remuneração da sua bolsa. Alunos que participam do PROBIC recebem uma bolsa mensal de R$ 400,00.

O representante do projeto Rondon apresentou o projeto que é de uma organização não governamental do terceiro setor, que atua desde 2005 com empreendedorismo social e voluntariado em varias temáticas. Seu principal objetivo é o de promover o desenvolvimento social com responsabilidade socioambiental, desenvolvimento integrado e sustentável que resulte em geração de renda e melhoria da qualidade de vida das comunidades atendidas.

O projeto de extensão Ponto Jovem também foi apresentado. Ele tem como objetivo o desenvolvimento de um ponto de informação que contribua para a construção da cidadania a partir do fornecimento de informações que permitam aos jovens situarem-se como sujeitos autônomos e de direitos. Thais Galvão e Marcelo Augusto Martins, Os extensionistas do projeto e alunos do curso de Administração na Puc Minas, apresentaram o aplicativo Guia de Profissões elaborado para o projeto para orientar os jovens na hora da escolha profissional.

Dialogos37.jpg
Apresentação do Guia de Profissões Ponto Jovem pela aluna Thaís Galvão

Pesquisa realizada por uma universidade paulista, em 2012, detectou que 45% dos jovens que prestariam vestibular no final daquele ano não sabiam que qual profissão escolher. Percebe-­se que muitas pessoas não definiram sua carreira profissional e/ou escolheram uma carreira que não as satisfazem. Esse número aumenta quando se trata de jovens que ainda não tiveram sua primeira experiência profissional e/ou ainda estão terminando o Ensino Médio. O Guia de Profissões Ponto Jovem disponibiliza a descrição de profissões de diversas áreas de atuação, duração do curso, formas de ingresso e outras informações.